Buscar
  • Prof. Dr. César Steffen

As questões padrão ENADE (final)

Nos dois posts anteriores tratamos dos fundamentos e da estruturação das questões ENADE. Neste post finalizamos com os tipos de questões e comentários gerais


Como colocado, as questões ENADE se baseiam em uma análise da formação dos processos cognitivos de construção do conhecimento que são medidos e avaliados de forma direta.


Bem, isso gera algumas estruturas básicas de questões que são vistas e visíveis nas diferentes edições das provas do ENADE, sendo estas:

  • Afirmação incompleta

  • Asserção-razão

  • Associação de colunas

  • Lacuna ou substituição de termos

  • Múltipla escolha simples

  • Múltipla escolha complexa

  • Seriação

  • Verdadeiro-falso

Estes formatos são claros e específicos, e se distribuem nas provas com pesos diferentes para formatar e construir os objetivos de avaliação em cada área. E cada formato tem sua estrutura e lógica de construção que deve ser observado.


Não cabe e nem haveria espaço para tratar de todos estes formatos neste post. Mas é importante colocar que as instituições podem ter padrões ou parâmetros específicos para as questões que devem ser observados. Por exemplo, sei de uma IES - por já ter desenvolvido conteúdo para ela - que não aceita questões com afirmativa ou conteúdo negativo, do tipo “das opções abaixo o que não representa (...)”.


Então, antes de desenvolver seu banco de questões, verifique as regras da instituição. O formato e estrutura da questão não muda, mas sua formatação e o nível de dificuldade, sim.


E atente aos formatos, regras e lógicas do ENADE. Você terá mais fpoco e assertividade em suas ações, e melhores resultados na EAD.


Prof. Dr. César Steffen.



6 visualizações
 
  • Instagram
  • Facebook

©2020 por EAD Sem Mistérios.